01 02 03 04
01
02
03
04
05
06
07
08
05 06 07 08
Copyright Grupo Oxigênio. Todos os direitos reservados. www.grupooxigenio.com.br
X
Acha que o estrago não tem conserto?

Estes dias vi uma comunidade no orkut “eu vivo dando mancada”. Confesso que na hora me identifiquei com ela. Mas ao mesmo tempo, quem nunca deu “uma mancada”?
Só que, por incrível que pareça, observamos por aí que tem gente que é especialista em dar mancadas. Como podem ser tão distraídos? Ou será que são desavisados? Podemos chamá-los de desatentos?
Difícil explicar, mas o fato é que eles estão em vários lugares. E como é ruim quando somos nós que passamos por essa triste experiência. Sentimos vergonha, somos criticados e podemos até sofrer perdas. Às vezes a situação se torna mais constrangedora, dependendo com quem somos indelicados.
Frases ou perguntas pra pessoa errada, na hora errada e no local errado. E mais, pode ser que seja exibido em cadeia nacional. Os políticos, autoridades e personalidades que o digam!!!
A impressão que fica por aquele que cometeu a “gafe” é de que não tem jeito de consertar . E se der bobeira, ainda pode piorar. Afinal, dizem por aí que nada é tão ruim que não possa piorar. Que coisa!
Lembro-me que certa vez dei uma mancada com uma amiga da faculdade. Para piorar a situação, a minha “infeliz colocação” foi enviada ao grupo de email. Que vergonha! Não sabia como poderia desfazer aquilo. Resolvi então me encher de coragem e ir até a pessoa que havia sido prejudicada com a minha “infeliz colocação” (e que até então não havia lido o tal e-mail) lhe pedir perdão. Foi muito legal a postura daquela jovem que prontamente me perdoou.
Melhor ainda é saber que Jesus perdoa todas as nossas falhas e faltas sem ficar nos envergonhando ou criticando. Ele não deixa de nos amar por causa dos nossos erros. Quando confessamos a Ele as nossas falhas podemos ter a certeza que estamos perdoados. Não existe condenação para aqueles que estão em Cristo.
 
Miss. Luciana Cipelli

X

Não sabe mais o que fazer para ser notado? Sossegue!

Talvez você saiba muito bem como é ser ignorado. Não é nada agradável! Quando não recebemos a atenção que esperamos e precisamos, corremos o enorme risco de nos tornarmos pessoas falsas, ou então amarguradas com a vida e com as pessoas.
Não é raro encontrarmos pessoas que fazem de tudo para serem notadas, mas mesmo assim não são percebidas. Muitos buscam reconhecimento de todas as formas, quer no ambiente de trabalho, estudo, ou até mesmo dentro da própria família. O grande problema de quando esperamos esse tipo de reconhecimento, é que estamos à porta da decepção!
Todos nós precisamos de algum tipo de atenção. Até os mais insensíveis!
A boa notícia é que há alguém que sempre te observou e te deu toda atenção. Alguém que não te deixou na mão quando as coisas saíram do controle. Você não precisa fazer força para ser notado, mas ao contrário. Nosso real valor é medido por quem nos fez, o Criador do Céu e da Terra. Deus decidiu nos dar o maior valor de todos. Você e eu valemos o preço da morte de Jesus na cruz. Quer maior atenção do que essa?
O próprio Deus declara: "Haverá mãe que possa esquecer seu bebê que ainda mama e não ter compaixão do filho que gerou? Embora ela possa esquecê-lo, eu não me esquecerei de você” (Isaías 49.15).
Deus olha por você. Ele te vê e te dá o maior valor de todos! Por isso, sossegue!

Pr. Wladimir de Moura

X

Seu mar não esta para peixes?

Por incrível que pareça, umas das profissões mais bem remuneradas do mundo é a de pescador. Isso mesmo! Na parte setentrional do oceano Pacífico, bravos marinheiros enfrentam o encapelado Mar de Bering. Embora seja um dos locais mais inóspitos do planeta Terra, com temperaturas negativas e ondas que podem chegar à altura de um prédio de dois andares, este é o habitat natural do caranguejo do Alasca, também conhecido como caranguejo vermelho real, este crustáceo é o maior da sua espécie com um peso médio de 4,5 quilos.

A temporada de pesca começa sempre no mês de outubro. Os pescadores ganham entre $45,00 a $77,00 por caranguejo pescado. Em alta temporada, os barcos de pesca enfrentam diariamente jornadas de 12 horas, desafiando tempestades terríveis e o frio glacial. Homens saem do conforto dos seus lares em busca do sustento. Muitos deixam esposa e filhos ainda pequenos, privando-se da companhia dos seus, a fim de trazer provisão.

Talvez o seu dia-a-dia não seja tão arriscado, mas nem por isso menos oneroso. Quantos são os sonhos que temos em família; quantas são as realizações que buscamos. Mas existem tempos difíceis, onde o mar revolto e o frio nos assolam e os caranguejos não enchem as armadilhas deixadas. Nestes momentos de crises nos perguntamos: O que fazer?

Voe!
No evangelho de João, capítulo 21, encontramos o relato da história de alguns discípulos de Jesus que liderados por Pedro vão pescar. Após inúmeras tentativas e nenhum peixe pescado, aqueles homens recebem uma direção de alguém que estava na praia. Seguindo a orientação, jogam as redes do outro lado do barco e são surpreendidos com uma abundante quantidade de peixes. O homem que dera o bom conselho era Jesus Cristo que havia passado três anos ao lado daqueles pescadores, e os conhecia muito bem.
Cristo conhece a cada um de nós, e em tempos de mar sem peixes, Ele tem a direção. Ele te convida para viver uma vida provida de cuidado e direção do alto; uma vida abundante, mesmo diante dos infortúnios da vida, pois Cristo te conhece e deseja relacionar-se de perto com você. Talvez você esteja cansado de lançar redes em lugares escassos, desprovidos de vida e amor, mas Jesus Cristo te oferece águas abundantes de vida, amor e provisão.
 
Que Deus te abençoe ricamente.
Pr. Paul Wagner

X

Não sabe mais o que fazer para se esconder?

Você já deve ter conhecido alguém de “duas caras”. Não é verdade?
Carregar e sustentar uma falsa imagem não é tarefa fácil, e muito menos saudável. O esforço que é feito para manter um conceito firmado na falsa imagem é muito grande, mas não compensa. Muitos vivem tentando suprir a expectativa dos outros, e às vezes nem se dão conta de que perdem a própria identidade.
Não precisamos carregar o peso insuportável de fugirmos de nós mesmos, ou de tentarmos esconder quem realmente somos, porque “Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores.” (Romanos 5.8).
Você tem sua identidade bem definida? Sabe quem você realmente é? Ou precisa viver se escondendo?
O Rei Davi declara: “Para onde poderia eu escapar do teu Espírito? Para onde poderia fugir da tua presença? Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece as minhas inquietações” (Salmo 139.7 e 23). Davi não teve dificuldades para reconhecer que não podia se esconder de Deus. Ele sabia que Deus não apenas nos vê e nos conhece, mas tudo faz para o nosso bem eterno.
Se somos amados por Aquele que nos conhece antes mesmo do nosso nascimento, e que testemunha todos os nossos atos e até mesmo os nossos pensamentos, então porque tanto esforço para não nos revelarmos como realmente somos?
Não lute para fugir e se esconder de Deus, mas ao contrário, abra seu coração Àquele que nos ama sem impor condições, apesar de sermos quem somos.
 
Pr. Wladimir de Moura

X

O Problema é Feio?

Todos passamos por problemas. Problemas nas mais diversas áreas de nossa vida. Problemas de saúde, financeiros, emocionais, relacionais. Como lidar com os meus problemas? Como resolvê-los? Como encarar os problemas mais feios de nossa vida?
Muitos pensam resolver seus problemas fugindo deles. Pensam que, porque o problema é feio demais, a solução é se esconder. O grande erro é que, pensando assim, nós nunca poderemos resolver os nossos problemas. Ficaríamos mais parecidos com a caricatura do avestruz que, ao passar por perigos, enfia sua cabeça na terra, pensando que o problema irá passar.
Outros pensam que podem resolver problemas agindo irresponsavelmente com eles. Pensam que o “deixo para pensar nisso depois” pode nos levar a solução das situações difíceis de nossa vida. Ainda que, muitas vezes, precisamos avaliar o tempo correto para lidar com as mais diversas situações, alguns problemas não podem ser deixados para mais tarde. Isso pode nos levar ao comodismo, a nos acostumarmos a viver com nossos problemas de maneira natural.

ENCARE!
Porém, assim como todos nós passamos por problemas, todos nós precisamos aprender a encarar nossos problemas. Precisamos aprender a resolver nossos problemas mais feios.
Encarar não é fugir. Encarar não é deixar pra depois. Encarar é resolver. Ainda que a resolução não tenha sido aquela que a gente imaginava. Encarar é enfrentar o medo. Encarar é olharmos para nós mesmos e percebermos o que podemos resolver e o que não podemos. Grande parte dos problemas que enfrentamos, nós, depois de pensarmos, refletirmos, observarmos e compreendermos a situação, podemos resolver.
Mas existe um problema que não podemos resolver por nós mesmos. Um problema eterno. Jesus disse que Ele é o único caminho, a única verdade e a única vida e que ninguém pode se aproximar verdadeiramente de Deus a não ser através dEle (João 14:6). Isso quer dizer que, todos aqueles que não caminham com Jesus, maus ou bons, estão longe de Deus por toda a eternidade.
Por isso, não deixe para depois. Caminhe com Jesus. Entregue-se a Ele. Jesus te chama estabelecer uma aliança com você. Ele te chama para um relacionamento intenso e para uma vida de abundância com Deus.
O que você fará com este chamado? Esta é a situação mais urgente que você tem para encarar!
 
Pr. Thiago Mattos de Lara

X

Um passo errado e pode ser fatal. Cuide-se!

Ninguém está livre de tropeços. Um escorregão, ou mesmo uma queda fortuita na jornada da vida pode acontecer a qualquer um, como se diz: “até mesmo nas melhores famílias”. Porém, há situações onde um passo errado, uma decisão equivocada, uma reação impensada, uma medida mal avaliada pode levar a uma queda fatal. Pode produzir danos irreparáveis. Pode desviar a rota para um caminho sem volta. Não são poucas as pessoas abatidas e que perderam o encanto e o brilho da vida por terem dado um passo errado. Não foram poucos os navegadores que seguiram, conforme a mitologia grega, atrás do canto das sereias dos seus dias e jamais retornaram.

Por isso, cuide-se!
A vida é uma dádiva de Deus e você só tem uma. Não vá desperdiçá-la com decisões intempestivas, caminhos escorregadiços e passos errados. As opções de atalhos se multiplicam a cada passo, mas nem todo caminho colabora para uma vida construtiva. Esteja atento as palavras do sábio que diz: “Não é bom proceder sem refletir, e tomba aquele que é precipitado” (Pv 19.2) e mais “Há caminho que ao homem parece direito, mas o seu fim dá em caminhos de morte” (Pv 14.12). Para não errar no passo decisivo, confie em Deus. “Porque o Senhor Deus será a tua segurança e guardará os teus pés de serem presos em armadilhas” (Pv 3.26).
 
Pr. Carlos Orlandi Jr

X

Cansado e desamparado? Descanse!

A vida humana parece acontecer no meio de uma guerra. O existir de cada um de nós é extremamente ambíguo, e porque não dizer, às vezes até contraditório. Há dias em que estamos tomados da mais pura alegria; há outros, porém, em que nos liquefazemos de tristeza. Há dias em que somos cidadãos da esperança; há outros dias em que habitamos os poços mais fundos da desesperança e da ansiedade. Há dias em que somos campeões da fé; há dias em que já estamos derrotados antes mesmo do início da batalha. Há dias de luz e há dias de trevas. E nenhum de nós passa a vida inteira sem se deparar com estas contradições, com esta dialética da existência em guerra. E no meio de todo este turbilhão, muitas vezes o que desejamos é um porto seguro, um lugar de descanso, um conforto não apenas para o corpo, mas, também, para a alma. Algo que nos sacie internamente, que nos dessedente de paz e tranqüilidade. Nestes dias somos companheiros das corças que suspiram pelas águas (Salmo 42.1-2). O convite de Jesus é para você que está assim; cansado, exaurido, estiolado e desamparado: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados e eu vos aliviarei” (Mateus 11.28). Deus cuida de ti. “Acaso pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, o Senhor, todavia, não me esquecerei de ti”. (Isaías 49.15).
 
Pr. Carlos Orlandi Jr

X

A vida tem perigos que nem sempre se vê. Proteja-se!


Se todo perigo fosse visível, não seríamos apanhados de surpresa, ou mesmo, saberíamos como enfrentá-lo e contorná-lo. Mas na vida, as coisas não são assim! A vida está repleta de situações perigosas e que passam despercebidas pelas pessoas. Desde uma enfermidade iminente, até uma armadilha tecida por um inimigo. De um complô na empresa contra sua posição, até uma investida espiritual contra sua vida. De um ataque da víbora escondida entre os arbustos, até um assalto em seu lar em dia e hora que não se imagina. Há coisas perigosas que podem neste momento concorrer contra sua vida e apanha-lo de surpresa.

Por isso: Proteja-se!
Como proteger-se de uma coisa que não se vê e nem se conhece? Alguns afirmam que se atentarmos para isso, acabamos por pirar ou caminhamos para ficar neuróticos e obcecados. Mas fazer de conta que isso não existe, seria viver como o avestruz, que esconde a cabeça no buraco, imaginando que o perigo passou. Cada pessoa há de enfrentar em sua jornada o que a Bíblia chama de “dia mau”. Não há como deste dia se esquivar. Ele virá, como um dia tempestuoso em uma tarde de verão. Ou como um ladrão em uma noite sossegada. Jesus Cristo certa vez alertou Simão Pedro desta realidade em sua vida: “Simão, Simão, eis que Satanás vos reclamou para vos peneirar como trigo! Eu, porém, roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça” (Lucas 22.31). A tua verdadeira proteção contra todo perigo está no Deus Todo-Poderoso! “Ele te livrará do laço do passarinheiro e da peste perniciosa....Não te assustarás do terror noturno, nem da seta que voa de dia, nem da peste que se propaga nas trevas, nem da mortandade que assola ao meio dia. Cairão mil ao teu lado e dez mil, à tua direita; tu não serás atingido” (Salmo 91).
 
Pr. Carlos Orlandi Jr